Harmonize | Mente, Corpo e Cultura | Parentalidade Distraída
A Harmonize é uma clínica que tem como missão integrar Mente, Corpo e Cultura. Para isso, trabalhamos com diversas especialidades que visam o bem estar dos nossos clientes. São elas: Psicologia, Neuropsicologia, Psiquiatria, Nutrição, Medicina Preventiva e Neuropedagogia. Além disso, promovemos cursos e encontros sobre vários temas.
Harmonize, Clínica, Sudoeste, Mente, Corpo, Cultura, Psicologia, Brasília, Distrito Federal, Psiquiatria, Nutrição, Referência, Neuropedagogia, Pedagogia, Clínica Médica, Medicina Preventiva
16814
post-template-default,single,single-post,postid-16814,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-13.9,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Parentalidade Distraída

“No início de 2010, pesquisadores em Boston observaram 55 pais e cuidadores comendo com uma ou mais crianças em restaurantes de redes fast-food. Quarenta dos pesquisados foram observados com seus smartphones em graus variados, alguns quase totalmente ignorando as crianças (os pesquisadores descobriram que digitar e verificar mensagens de texto eram os maiores culpados a esse respeito. Mais do que receber uma ligação). Sem surpresa, muitas das crianças começaram a fazer pedidos de atenção, que eram freqüentemente ignorados.

 

Em um outro estudo sobre o mesmo tema, 225 mães e seus filhos de aproximadamente 6 anos foram observadas em um ambiente familiar e tiveram registradas em vídeos suas interações entre mãe e filho enquanto recebiam alimentos para experimentar. Durante o período de observação, um quarto das mães usou espontaneamente o celular, os pares de mães e filhos com maior uso do celular durante o experimento foram os pares que substancialmente engajaram-se em menos interações verbais e não verbais.”

 

Infelizmente tendemos a nos preocupar muito com o tempo em que nossos filhos passam em frente a TV ou em smartphones e esquecemos de atentar para o nosso próprio tempo gasto em telas. A nossa interação contínua e de qualidade é o maior presente que podemos dar aos nossos filhos. Seja emocionalmente ou cognitivamente. Por isso, é imprescindível que pelo menos em alguns momentos do dia e da rotina familiar os celulares/smartphones/computadores e tablets sejam desligados ou colocados no silencioso (se mantivermos fora de vista, melhor ainda), para que a atenção dada às crianças e os momentos vividos em família sejam cheios de cumplicidade, prazer e responsividade. A fim de que não anulemos tantos olhares e tentativas de comunicação dos nossos filhos, por estarmos com nosso olhar fixo para as telas.

 

Conteúdo compartilhado do canal @infanciapositiva

Matéria original da revista @TheAtlantic

Link para a matéria completa: https://www.google.com.br/amp/s/www.theatlantic.com/amp/article/561752/